Please reload

Posts Recentes

Como realizar um checklist para garantir a segurança do voo

17/6/2020

1/7
Please reload

Posts Em Destaque

Como realizar um checklist para garantir a segurança do voo

17/6/2020

 

Será que você realiza o Checklist como deve?

Essa lista de verificação deve ser feita pelo piloto em determinadas fases do voo, e assim, garante uma maior segurança e eficiência. Caso não seja cumprido a verificação de qualquer item da aeronave ou a falha em cumprir os mandamentos do seu checklist, pode resultar em graves acidentes, que podem ser evitados caso venha a ser cumprido pelos pilotos. A utilização dessa lista é essencial, sempre, em todo caso, utilize o checklist ao realizar a inspeção da aeronave.

Ao operar uma aeronave, é de extrema importância que verifique o checklist fornecido pelo fabricante dos equipamentos a ser inspecionados, ou obtenha através de outras fontes, mas sempre procure tê-lo em mãos. Mesmo que venha a ter um formato próprio, o checklist, basicamente deve incluir a conferência e verificação do seguinte:

 

● Conjunto da cabine e da cabine de comando:

- Visão geral, fazendo uma limpeza e verificando os possíveis equipamentos soltos para entender os que deveriam estar em local seguro, e os que precisam de manutenção;

- Assentos e cintos de segurança, garantindo as condições dos mesmos para o voo e, consequentemente, a segurança.

- Janelas e para-brisa, verificar para que não haja nenhuma deterioração e/ou quebra que interfira na segurança do voo;

- Instrumentos, sempre garantindo as condições, como foi feito a montagem, as marcações e garantindo a operação adequada, sempre que for possível;

- Controles de voo e motor, garantindo a devida instalação e operação

correta do mesmo;

- Baterias, constatando a instalação devida e atestando a carga;

- Todos os sistemas, desde a instalação, as condições gerais, os defeitos que estejam aparentes e os que não, e principalmente a segurança dos encaixes da aeronave.

 

● Conjuntos estruturais e fuselagem:

- Tecidos e superfícies, verificando se há alguma deterioração, distorção, evidências de falha e defeitos, assim como encaixes que não estão de maneira adequada e devem ser corrigidos;

- Todos os sistemas e componentes, garantindo a adequação da instalação, corrigindo os defeitos aparentes e confirmando a eficiência da operação;

- Tanques de combustível, tanques de ar e peças relacionadas, é de

extrema importância a verificação e a garantia das condições do tanque

para qualquer uso da aeronave.

 

● Conjunto de motor e nacele:

- Seção do motor, como está a evidência visual, se há algum vazamento curto ou excessivo de óleo, de combustível ou qualquer outro fluído hidráulico, e sempre verificar a origem deles, antes de qualquer manobra com a aeronave;

- Parafusos e outros aparatos, devem estar sempre devidamente apertados e sempre verificar se possuem algum defeitos aparente;

- Motor interno, garantindo a compressão do cilindro e das partículas de metal ou qualquer outro material estranhos que pode estar nos filtros e bujões que realizam o dreno do óleo. Caso a compressão do cilindro se encontrar mais fraca, sempre verifique se há alguma irregularidade das

condições internas e tolerâncias do mesmo;

- Suporte do motor, importante verificar se há rachaduras ou afrouxamento do suporte, ou possíveis afrouxamentos do motor no Suporte;

- Amortecedor de vibrações, garantir sempre as melhores condições e evitar qualquer tipo de deterioração;

- Controles do motor – defeitos, direção e segurança adequadas;

- Tubulações, mangueiras e grampos, verificando se há vazamentos, se as condições estão dentro das normas e evitando afrouxamentos;

- Saída do escapamento, evitando rachaduras, defeitos e garantindo o encaixe adequado.

- Acessórios, verificando se há algum defeito aparente, pensando sempre na segurança do suporte;

- Todos os sistemas, garantindo a instalação adequada, verificando os defeitos das condições gerais e segurança do encaixe.

- Capô, procurar sempre por rachaduras e defeitos, para serem consertados antes de qualquer manobra com a aeronave;

- Teste de solo e checagem funcional, garantindo a verificação da resposta de absolutamente todos os controles, e dos sistemas que envolvem o motor, para ter a indicação e operação adequada de todos os instrumentos.

 

● Conjunto do trem de pouso:

- Todas as unidades, sempre garantindo as condições e a total segurança de fixação;

- Aparelhos de absorção de impacto, verificando o nível de óleo adequado;

E nas conexões, tirantes e componentes, verificar se há algum desgaste indevido ou excessivo, fadiga e/ou distorção;

- Mecanismos de retração e trancamento, escolhendo sempre a operação adequada para ser utilizada;

- Tubulação hidráulica, para que possa evitar qualquer vazamento;

- Sistema elétrico, para que não haja possíveis interferências na fiação e garantindo a operação adequada dos interruptores;

- Rodas, procurar sempre por rachaduras, defeitos e garantir as melhores condições dos mancais;

- Pneus, evitar sempre objetos com desgaste e cortes;

- Freios, garantir sempre a regulagem adequada;

- Flutuadores e skis, é de extrema importância garantir a segurança de fixação e evitar qualquer defeito evidente.

 

● Asa e seção central:

- Todos os componentes, sempre verificar as condições e para assim garantir segurança;

- Tecido e superfície, evitar qualquer tipo de deterioração evidente ou não, distorção e outras falhas, garantindo a segurança de fixação;

- Estrutura interna, para que possa ser evitado qualquer rachaduras, dobras, para garantir a segurança;

- Superfícies móveis, evitando todo tipo de dano ou defeito que estejam ou não aparentes, garantindo a fixação do tecido e corrigindo superfície insatisfatória, para ter um curso correto da asa;

- Mecanismo de controle, verificar se há liberdade de movimento, alinhamento e principalmente segurança;

- Cabos de controle, garantir a tensão adequada, o travamento, evitar desgastes e manter o melhor posicionamento por meio das guias e polias;

 

● Conjunto da Cauda:

- Superfícies fixas, evitando danos ou defeitos aparentes ou não, fixadores frouxos e garantindo sempre a segurança da fixação;

- Superfícies de controle móveis, verificar se há danos ou defeitos aparentes ou não, fixadores frouxos, tecido solto ou qualquer distorção na superfície da cauda;

- Tecidos e revestimentos, verificar qualquer tipo de abrasão, rasgos, cortes e/ou defeitos, distorção e deterioração da cauda.

 

● Conjunto de navegação e comunicação:

- Rádio e equipamentos eletrônicos, sempre verificar se houve a devida instalação e segurança do suporte dos equipamentos;

- Cabos e condutores, sempre garantir o trajeto adequado, e verificar a segurança do suporte, para consertar qualquer defeito aparente ou não;

- Ligações e isolamento, proporcionar sempre a devida instalação e melhores condições;

- Antenas, é de extrema importância garantir as melhores condições, segurança do suporte e instalação adequada.

 

● Outros:

- Equipamento de primeiros socorros e emergência, garantir sempre que haja esses equipamentos, nas melhores condições gerais e sempre com o armazenamento adequado;

- Botes salva vidas, sinalizadores e outros é de extrema importância que haja conformidade com as recomendações do fabricante, para armazenamento, uso e etc.;

- Sistema de piloto automático, um dos principais que deve-se garantir as melhores condições gerais, segurança da fixação e a operação adequada;

 

Tenha sempre em mãos um checklist para garantir a segurança do voo, dos passageiros ou carga, mas, em hipótese alguma, utilize a sua aeronave sem o essencial quando se fala em segurança. O checklist acima, é um básico exemplo do que deve-se sempre verificar para a decolagem de uma aeronave. Assim como, é fundamental a posse de alguns documentos imprescindíveis para se ter a bordo .

 

Lembrando que cada aeronave carrega o seu checklist apropriado, e este acima disponibilizado é para que tenha conhecimento de sua necessidade, mas atente-se sempre a segurança da sua aeronave, do piloto, dos seus passageiros.

 

Muitas vezes, a rotina ou o excesso de confiança por conta da experiência, alguns profissionais são influenciados por distrações, e isso contribui para que o piloto tenha os níveis de alerta e de cuidado com os detalhes, reduzidos, claro que, todo ser humano está sujeito a isso, mas com o tempo e a repetitividade de tomar esses pequenos cuidados a cada voo, esses itens que precisam de um foco maior, se tornam de real importância. Sendo assim, jamais deixe de incluir o checklist na sua rotina, tire um tempo antes do voo para que isso se torne um procedimento padrão. diminuição dos níveis de alerta e do cuidado com os detalhes.

 

Fique por dentro de todas as novidades no nosso blog, para o próximo post referente ao planejamento que se deve ter antes de decolar, vamos listar um excelente checklist pessoal para se ter a bordo. Não perca!

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Siga
Procurar por tags
Please reload

Arquivo
  • Facebook Basic Square
  • Instagram Social Icon
  • YouTube Social  Icon

Av. Onófrio Milano, 186  |  Jaguaré  |  SP  |  CEP: 05348-030  |  (11) 3767.3500  |  VHF - 130,37